Grupo VICEL possui know-how para atender à indústria com Unidades de Remoção de Sulfato

2016-07_Noticia-p26

20 jul Grupo VICEL possui know-how para atender à indústria com Unidades de Remoção de Sulfato

Quem trabalha na indústria petrolífera, provavelmente, sabe que, quando um poço de petróleo alcança sua produção máxima, recebe a denominação de “poço maduro”. E, quando isso ocorre, observa-se um declínio na pressão e vazão do mesmo. A partir daí, para que as características de produção do poço sejam mantidas, meios artificias de elevação são implementados. O mais comum é a injeção de água no poço, a fim de manter a sua pressão estabilizada.

Mas, problemas surgem devido à diferença na composição da água do poço (conata) e a água injetada, pois isso pode fazer com que haja precipitações de sais, principalmente, os sulfatos de bário e estrôncio, os quais se depositarão nos poros das rochas, impermeabilizando-as, diminuindo sua produção e aumentando a pressão interna do poço.

O Coordenador Técnico do Grupo VICEL, Francisco Santana, ressalta que outro problema recorrente é a deposição dos mesmos sais nas tubulações de água produzida, as quais são limpas de forma mecânica, impactando na disponibilidade de operação e níveis de produção das plataformas. “Outro ponto relevante é o processo de crescimento das bactérias redutoras de sulfato (BRS), que ao consumir o produto liberam S2- no sistema, e que posteriormente reagem com o H+ contido na água formando o ácido sulfídrico (H2S), altamente letal para a vida humana e, que quando produzido em quantidade, diminui drasticamente o valor comercial do óleo produzido”, explica.

Segundo Santana, a solução do problema se dá por meio das Unidades de Remoção de Sulfato, que utilizam a tecnologia de nano filtração, similar ao processo de osmose reversa, porém, com a membrana semipermeável dimensionada para reter as moléculas de enxofre e sulfatos (S, SO4). “Dessa forma, a água a ser injetada no poço estará livre de sulfatos, fazendo com que os problemas citados acima não mais ocorram, garantindo uma melhor produção, com a segurança e qualidade do processo aumentada e com uma maior disponibilidade dos sistemas de produção”, afirma.

O Coordenador Técnico salienta a capacidade do Grupo VICEL em prover esse tipo de solução. “A VICEL adquiriu ao longo de sua história o “know-how” relacionado aos equipamentos de osmose reversa e nano filtração. Por isso, a empresa está habilitada a prover soluções de manutenção, retrofits e de gestão de ativos (asset management), implementando as melhores práticas em Remoção de Sulfato, de acordo com as tecnologias empregadas”, diz.

Nenhum comentário

Ecrever comentário