Grande Barreira de Coral na Austrália está quase oficialmente morta devido à poluição

coral3

11 nov Grande Barreira de Coral na Austrália está quase oficialmente morta devido à poluição

A Grande Barreira de Coral, na Austrália, é considerada a maior estrutura do mundo feita inteiramente por organismos vivos e pode até mesmo ser vista do espaço. Mas as imagens deste presente da natureza estão ficando cada vez menos animadoras.

Recentemente, o aumento da temperatura da água (causado pela poluição e aquecimento global) na costa australiana ocasionou uma condição conhecida como branqueamento do coral, responsável pela morte dos pólipos que dão origem à construção dos recifes de coral. O fenômeno foi observado em maio deste ano e causou a morte de mais de um terço dos corais localizados na parte central e ao norte do recife, segundo o Independent.

coral1

 

Inicialmente, os cientistas acreditaram que o coral se recuperaria do branqueamento. Porém, ao visitar o local em setembro, eles perceberam que, ao invés de melhorar, a situação havia piorado e que grande parte dos corais havia morrido. Os peixes também foram afetados pela mudança, e espécies como o peixe-papagaio praticamente desapareceram da região após o branqueamento.

coral3

Corais mortos, estressados e saudáveis

 

coral2

Entenda como acontece o processo de branqueamento e morte dos corais clicando aqui.

O Grupo VICEL enfatiza sempre a importância de práticas ambientalmente responsáveis, principalmente, por parte das empresas da indústria naval e offshore. A poluição pode ser evitada com a adoção de processos que respeitem as normas ambientais vigentes. Não seja responsável pela perda de vida no planeta. Lembre-se sempre: Águas Tratadas, Consciência Limpa!

 

Fotos: Climate Council / Foto destaque: Bruno de Giusti

Fonte: Hypeness

 

Nenhum comentário

Ecrever comentário