Um panorama da dessalinização pelo mundo e no Brasil

Dessalinizacao no mundo

23 maio Um panorama da dessalinização pelo mundo e no Brasil

O país que mais investe em dessalinização de água é Israel. Na cidade de Hadera, ao norte do país, fica a primeira usina de dessalinização por osmose reserva do mundo, capaz de produzir 127 milhões de litros de água potável por ano. Ela captura água do Mar Mediterrâneo, a torna potável e abastece um sexto da população israelense.

Mas o posto de maior usina de dessalinização do mundo agora é de outra, que fica em Ras al-Khair, na Arábia Saudita. Ela alcançou sua produção plena em dezembro de 2015 e pode produzir 1 bilhão de litros de água por dia.

A dessalinização é uma tecnologia antiga usada amplamente no Oriente Médio e que agora começa a receber atenção também nos Estados Unidos, por causa de inovações na tecnologia e seu preço, reduzido em relação ao período inicial. Os americanos, por exemplo, já fazem parte dessa investida e será instalada em San Diego a maior usina dessalinizadora do país.

No Brasil, a tecnologia de dessalinização é utilizada principalmente na região Nordeste, que tem baixa pluviosidade e são instalados sistemas para purificar a água salobra (com concentrações de sal menores que a do mar) do subsolo.

O arquipélago de Fernando de Noronha é um expoente em dessalinização na região. Ao todo, 40% da água consumida na ilha vêm de açude e de poços de água das chuvas. Os 60% faltantes do abastecimento vêm da dessalinização. No nordeste também há projetos em andamento em nove estados, como Ceará, Pernambuco e Bahia.

No Rio de Janeiro, durante o auge da crise hídrica de 2015, o governo cogitou a possibilidade de construir uma usina dessalinizadora para abastecer até 1 milhão de pessoas no Estado. E em São Paulo, no mesmo período, o governo chegou a dizer que houve um estudo sobre o uso da dessalinização como fonte alternativa de água potável.

Exemplos como esses evidenciam a ascensão da técnica mundo a fora.

Dessalinização no setor Offshore

A maioria dos projetos de plataformas de Exploração e Produção considera um sistema de dessalinização da água do mar para geração de água potável para utilização em banheiros, cozinha e lavanderia.

A instalação de unidades dessalinizadoras por osmose reversa garante economias significativas aos clientes e uma taxa de disponibilidade significativamente superior, visto que a modalidade inclui os serviços de operação e manutenção dos equipamentos por técnicos especialistas. A utilização dos equipamentos também beneficia o meio ambiente, reduzindo a captação de água doce dos rios, o que, em tempos de escassez, principalmente, é de grande importância.

Nenhum comentário

Ecrever comentário